Plano Municipal de Desenvolvimento Turístico Sustentável

Plano Municipal de Desenvolvimento Turístico Sustentável

Trabalhar o turismo para muitos é algo simples. Aos olhos ingênuos, “fazer turismo” é fácil, é só misturar os ingredientes: lugar bonito + restaurante + hotel e… voilá! Como em um passe de mágica os turistas virão, deixarão todos ricos e satisfeitos! O que a experiência mostra, entretanto, é que as coisas não são assim tão simples. O que passa despercebido aos simplistas é a enorme complexidade e as inúmeras relações que envolvem o turismo, o que torna essa atividade tão extraordinária e ao mesmo tempo tão difícil.

Em uma pesquisa um pouco mais cuidadosa podemos observar que casos de sucesso de turismo não se deram da noite para o dia e não surgiram de fórmulas simples. É importante que se diga: quando citamos “casos de sucesso” estamos tratando de uma combinação de situações que culminam na satisfação do turista, dos empreendedores, do poder público e, claro, da comunidade local. Não existem fórmulas perfeitas, ou “receitas de bolo” para o sucesso de destinos turísticos. O que podemos garantir, entretanto, é que a falta de planejamento é a principal causa de insucesso. Ter um objetivo e traçar um caminho para alcançá-lo é o passo inicial de qualquer jornada. Trabalhar de forma planejada diz muito sobre o futuro de um destino, e é certo que não há sucesso que perdure se não tiver sido devidamente embasado, pensado, planejado.

1