Pular para o conteúdo

Extrema, a natureza perto de você!

História

O território que pertence ao município de Extrema foi constituído a partir do desmembramento, em 1901, de terras pertencentes a Camanducaia, uma das mais antigas freguesias instituídas pela administração colonial na região que atualmente corresponde ao sul do Estado de Minas Gerais.

Em 1764, o então governador da Capitania de Minas Gerais, Luís Diogo Lobo da Silva, determinou a implantação de um registro fiscal às margens do Rio Jaguari. Tal iniciativa teve por objetivos impor a jurisdição de Minas Gerais a norte do Morro do Lopo, (região ambicionada por autoridades das capitanias de Minas Gerais e de São Paulo nesse período) e tentar evitar os descaminhos do ouro. Conflitos na região da divisa foram constantes também durante o século XIX. Somente na década de 1930 a questão da fronteira, no referido trecho entre Minas e São Paulo, foi resolvida.

No que se refere à existência de um núcleo populacional na região de Extrema, a primeira referência encontrada até o momento data de 26 de dezembro de 1788, quando foi registrado, junto à matriz de Nossa Senhora da Conceição de Camanducaia, o batismo de um menino cujos pais eram moradores no "Bairro da Extrema''.

Em agosto de 1832 foi deferida pela autoridade diocesana do Bispado de São Paulo, uma petição pela qual o fazendeiro José Alves requereu permissão para construir uma capela nesse local. Este templo foi consagrado a Santa Rita de Cássia.

Diversos movimentos separatistas foram verificados na zona que corresponde ao sul do Estado de Minas Gerais ao longo do período imperial e envolveram também moradores do distrito de Santa Rita da Extrema.

Nas últimas décadas do século XIX, registrou-se a chegada, em Extrema, de imigrantes europeus, principalmente italianos e portugueses. Esses, aos poucos foram se inserindo na vida política e social local. Posteriormente, imigrantes japoneses instalaram-se no município.

Extrema obteve sua emancipação político-administrativa em 1901, ato comemorado anualmente no dia 16 de setembro. O século XX foi marcado por intensas transformações na região, das quais destacamos a conclusão, em 1961, das obras da BR-31 (Atual BR 381 - Rodovia Fernão Dias); os primeiros esforços para a adoção do turismo como instrumento de desenvolvimento socioeconômico (década de 1960); a instalação da primeira indústria na década de 1970; a duplicação da BR 381, concluída em 2005; a intensificação da política de atração de indústrias (desde a década de 1980 até o presente momento) e um incentivo à diversificação da economia local aliado à preocupação com a manutenção de seus recursos naturais e culturais.

Nos últimos anos o município se destacou em diversos indicadores socioeconômicos de Minas Gerais e do país. Destacamos a primeira posição alcançada no Índice Mineiro de Responsabilidade Social da Fundação João Pinheiro - ano base 2010 (que considera as áreas de saúde, educação, segurança pública, finanças municipais, meio ambiente, esporte e turismo, renda, assistência social e cultura).

Além disso, Extrema foi classificada em primeiro lugar no Índice FIRJAN de Desenvolvimento Municipal - edição 2015 - ano base 2013, (que analisa anualmente o desenvolvimento socioeconômico de todos os municípios brasileiros no que diz respeito aos itens emprego e renda, educação e saúde.

Dados do Município

ANIVERSÁRIO
16 de setembro

FUNDAÇÃO
1901

GENTÍLICO
Extremense

LOCALIZAÇÃO
22° 51' 18" S 46° 19' 04" O

UNIDADE FEDERATIVA
Minas Gerais

MESORREGIÃO
Minas Gerais

MICRORREGIÃO
Pouso Alegre IBGE/2008

MUNÍCIPIOS LIMÍTROFES
Vargem, Joanópolis, Toledo, Itapeva, Camanducaia e Pedra Bela

DISTÂNCIA ATÉ A CAPITAL
492 quilômetros

ÁREA
243,099 km²

POPULAÇÃO ESTIMADA (2013)
31.693 hab. (IBGE/2010)DENSIDADE
94,0 hab./km²

ALTITUDE

973 metros

CLIMA
Tropical de altitude Cwb

FUSO HORÁRIO
UTC-3

IDH
0,732/IDHM 2010

PIB
PIB 1.159.758,00 IBGE/2013

PIB PER CAPITA
R$128.232,82 - IBGE/2013

PROXIMIDADES DE AEROPORTOS

GUA/ Cumbica, Guarulhos - 111km/Aproximadamente 1h
VCP/ Viracopos, Campinas - 122km/ Aproximadamente 1h
CGH/ Congonhas, São Paulo - São Paulo - 128km/ Aproximadamente 1h30

Inicio da Página